43 sinais de fibromialgia você deve estar ciente de

Cerca de 10 milhões de americanos são afetados pela fibromialgia. É uma condição muito comum. Há até mesmo pessoas que têm, mas não estão cientes de sua presença. Há também médicos que não conseguem reconhecer a fibromialgia em um paciente e, muitas vezes, diagnosticam mal o paciente.

É muito importante saber se você tem essa condição para que você possa aliviar-se da dor, bem como os sintomas desagradáveis.

A condição não pode ser curada, mas alguns remédios, terapias comportamentais cognitivas, bem como exercícios prolongados, podem ajudá-lo.

A dor muscular é a primeira coisa que as pessoas pensam quando ouvem falar de fibromialgia.

Pessoas com fibromialgia também sentem sensibilidade ao toque que se espalha por todo o corpo, assim como muitos outros problemas. Esta é uma condição que afeta sua saúde física emocional e mental.

CAUSAS E DIAGNÓSTICO

Ainda não está claro o que causa a fibromialgia. Você não pode evitar essa condição, mas você pode controlá-lo. Você apenas tem que estar ciente de que você tem isso.

Não há um teste que os médicos possam usar para diagnosticar a fibromialgia. O médico só pergunta ao paciente se ele experimenta alguns dos sintomas abaixo.

O médico também realiza vários testes e métodos como: anticorpo antinuclear, hemograma, fator reumatóide, taxa de sedimentação de eritrócitos, teste de tireóide, ressonância magnética e raios-X.

Aqui estão os sintomas mais comuns. Caso você tenha notado algumas delas, visite um especialista.

FIBROMIALGIA SINTOMAS

MUSCULO E CORPO
  • Espamos musculares
  • Inchaço
  • Rigidez matinal
  • Peitos tenros e encaroçados
  • Dor leve a intensa que pode se espalhar para outras partes do corpo
PROBLEMAS COM DORMIR
  • Fadiga
  • Dentes de moagem
  • Hipnótico (também conhecido como a sensação de cair durante o sono)
  • Dificuldade em dormir / Padrão de sono quebrado, você se sente muito cansado e letárgico a cada manhã
  • Espasmos musculares durante o sono
SINUS E PROBLEMAS DE ALERGIA
  • Orelhas de toque
  • Muco espesso
  • Um nariz escorrendo, bem como gotejamento pós nasal
  • Falta de ar
  • Earaches e coceira ouvidos
  • Sensibilidade a fungos e leveduras, bem como alergias
DIGESTÃO E PROBLEMAS DE ESTÔMAGO
  • Síndrome do intestino irritável
  • Dor pélvica, náuseas, cólicas abdominais e inchaço
  • Micção freqüente
SENSIBILIDADE E PROBLEMAS SENSORIAIS
  • Dificuldade em ver na condução noturna e baixa iluminação
  • Maior sensibilidade a mudanças climáticas, luz, ruído, cheiros, pressão e temperatura
PROBLEMAS COGNITIVOS
  • Dificuldades de linguagem, bem como dificuldade em falar palavras familiares
  • Coordenação deficiente e equilíbrio
  • Queima e formigueiro nos membros superiores
  • Zona fora frequentemente, memória de curto prazo, dificuldade em diferenciar entre algumas tonalidades de cor e dificuldade de concentração
  • Dificuldades direccionais, dificuldade em reconhecer o ambiente familiar
QUESTÕES REPRODUTIVAS
  • Perda de libido
  • Impotência
  • TPM, bem como outros problemas menstruais
PROBLEMAS CARDÍACOS
  • Problemas de válvula
  • Dor semelhante a um ataque cardíaco
  • Arritmia cardíaca
PELE, CABELO E PREGOS
  • Pregos ou pregos excessivamente enrugados que curvam sob
  • Perda de cabelo
  • Pele que aparece manchada, contusões ou cicatrizes facilmente
PROBLEMAS DE SAÚDE MENTAL
  • Balanços de humor e irritabilidade inexplicável
  • Ansiedade, depressão, ataque de pânico
OUTROS SINTOMAS
  • História de família
  • Ganho de peso inexplicado ou perda de peso
  • Suores
  • Dores de cabeça e enxaquecas
  • Desejos de carboidratos e chocolate
  • Problemas de visão

Todos os sinais acima mencionados também podem significar que você tem outra condição, por isso não tenha medo, por exemplo, TPM, desejos, oscilações de humor freqüentes e dores de cabeça não significam apenas fibromialgia.

Apenas consulte seu médico. Não conclua nada sozinho.

TRATAMENTO NATURAL PARA FIBROMIALGIA

ESTES SÃO ALGUMAS DICAS QUE PODEM AJUDÁ-LO A ALIVIAR OS SINTOMAS DA FIBROMIALGIA DE MANEIRA NATURAL:
  • praticar yoga
  • usar acupuntura
  • tente respirar com atenção
  • Pratique tai chi
  • vá para massagens
  • use ervas anti-inflamatórias como, por exemplo, açafrão, alho e gengibre
  • consumir alimentos orgânicos, integrais e antiinflamatórios
  • tomar suplementos de magnésio, vitamina B12 e vitamina D
  • faça exercícios suaves

Compartilhe esta postagem:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: